Cálculo Exato Férias - Ligeirando

Cálculo Exato Férias

0

As férias são um direito constitucional do trabalhador, sendo que o mesmo irá receber após um ano de trabalho na empresa. Nos primeiros 12 meses, o empregado adquire o direito a 30 dias de férias. Nos 12 meses seguintes, o empregador deve conceder esses períodos de folga remunerada ao empregado.

Para quem não sabe as férias foram uma grande conquista dos trabalhadores no ano 1925 e foram oficialmente registradas somente em 1934. No Brasil muitas pessoas não sabem sobre seus direitos e sobre férias vencidas.

A Constituição Federal determinou que as férias devem ser pagas com um adicional de 1/3 de acordo com a média dos salários, e também quando o cidadão trabalha no período de doze meses ele tem o direito de 30 dias de férias e mais o adicional de salário.

Como Calcular as Férias

Para se calcular o adicional de férias, é preciso calcular 1/3 sobre a somatória das férias vencidas e férias proporcionais. Veja o exemplo a baixo:

  • Salário: R$ 900,00
  • Remuneração dia: R$ 900,00 ÷ 30 = R$ 30,00
  • Proporcional: R$ 30,00 x 24 = R$ 720,00
  • Adicional: R$ 720,00 ÷ 3 = R$ 240,00
  • Remuneração total: R$ 720,00 + R$ 240,00 = R$ 960,00calcular férias

Cálculo Exato das Férias

Para saber o calculo exato de férias é preciso saber a data das últimas férias do trabalhador. Vale lembrar se o período for inferior á 12 meses, ele deve receber, além do salário base, 1/12 por mês de serviço. Porém, se forem depois de um ano trabalhado, o funcionário deve receber o salário base juntamente com 1/3 relativo ao abono.

Para fazer o calculo exato de férias basta acessar o site www.calculoexato.com.br, que irá auxiliar o usuário com os direitos que receberá. Na pagina, informe o valor dosalário mensal, data de inicio das férias e clique em “Continuar” para prosseguir.

Depois só é preciso esperar o resultado, no qual poderá ser impresso ou salvado em seucomputador.

Direito de Férias

De acordo com o artigo 133 da CLT não terá direito a férias o empregado que, durante o período aquisitivo:

  • Deixar o emprego e não for readmitido dentro de 60 dias subseqüentes à sua saída;
  • Permanecer em período de licença, com percepção de salários, por mais de 30 dias;
  • Deixar de trabalhar, com percepção do salário, por mais de 30 dias, em virtude de paralisação parcial ou total dos serviços da empresa; e
  • Tiver percebido da Previdência Social prestações de acidente de trabalho ou de auxílio-doença por mais de 6 meses, embora descontínuos.

 


Share.